Primeira vez, Testamos (e Aprovamos?)

Como foi a festa

Eu e a Alicia, na entrada do salão. Mal sabia ela tudo o que a aguardava!
Eu e a Alicia, na entrada do salão. Mal sabia ela tudo o que a aguardava!

Acredita que faz uma semana da festa de aniversário da Alicia? E eu que fiquei com receio de que ela não gostasse. Que perda de tempo…

Da festa? Nada! Da minha preocupação! Ela não gostou: A-MOU! Curtiu cada segundo daquelas duas horinhas mágicas dela, como nenhuma outra criança presente.

Se encantou com o lugar, já da recepção, convidativa e graciosamente decorada, fazendo jus às fotos do site. Não sabia para onde ir, olhar, em completo êxtase, o que se repetia com os convidados, crianças ou não, assim que iam chegando.

fantasy_fables_recepc%cc%a7a%cc%83o
Recepção

Fantasy Fables é um salão de festas infantis temático, formado por salas decoradas em forma de castelo de princesas da Disney. As principais são a butique, o closet e o salão principal, apresentadas aos convidados numa sequência: primeiro, fomos acomodados na loja, repleta de brinquedos da Disney, onde aguardamos a chegada das princesas que iriam animar a festa (no nosso caso, a Elsa e a Anna, do filme Frozen).

Quando elas chegaram, a Alicia mal podia acreditar no que seus olhos viam: ali, na frente dela, suas duas princesas favoritas! Muito bem vestidas e maquiadas, a Anna ficou igualzinha à do desenho. Já a Elsa, apesar de linda, não parecia em nada com a personagem real. Mas o que importa é que a Alicia acreditou que eram de verdade.

fantasy_fables_butique
A Alicia, ainda tímida, com as princesas Elsa e Anna, na butique

De lá, partimos para um closet dos sonhos, com baús e araras abarrotados de vestidos de princesas e duas estações de beleza, adaptadas para o tamanho da meninada. Cada criança escolhia sua fantasia favorita e era vestida por uma das princesas (elas não ganham as fantasias, só brincam com elas durante a primeira hora da festa. Eu comprei uma vestido da Elsa, meses antes, e o embrulhei para que a Elsa o desse para a Alicia, neste dia).

A timidez das crianças foi desaparecendo à medida em que eram transformadas em mini-princesas por Elsa e Anna: vestidos, maquiagem levinha e dedinhos esticados para receber uma mão de esmalte incolor com glitter. Tudo pronto, é a hora do baile (os únicos três meninos convidados ignoraram totalmente as fantasias de pirata a que tinham direito!).

Que emoção ver minha filha entrando no salão principal, rodeadas pelos amiguinhos e escoltada por suas personagens favoritas! As princesas tomaram o palco e cantaram as músicas do filme, presenteando Alicia com sua preferida, Let It Go.

E ela rodopiava, rodopiava com seu traje de Elsa; por vezes, sozinha, segurando bem apertado a capa do vestido; por outras, numa ciranda deliciosa de se assistir, de mãos dadas com a Claire, sua melhor amiguinha da creche.

Entrou no clima tão naturalmente que pareceu que ela, a Elsa e a Anna haviam trabalhado por meses a fio na coreografia. Tirou de letra até na hora da “coroação”, quando a aniversariante é chamada no palco para ser designada “princesa oficial da Disney”, com direito a coroa e tudo.

alicia_elsa
Minha princesa, agora, com coroa e tudo!

Preciso dizer que sábado passado eu fui a mãe mais feliz de toda a Via Láctea?

Mais pormenores (desculpem pelo post longo. Estou me chicoteando por isto, mas acho que vai interessar para as mamães que moram aqui):

Burlington fica à uns 60 quilômetros de distância de Thornhill, onde moro. Saí de casa lá pelas 10 da manhã para pegar umas encomendas no caminho e almoçar na estrada. Fiz tudo e cheguei lá em menos de uma hora, tranquilo. Os convidados que vieram de Toronto também não reclamaram nem do trânsito, nem da distância. E não nevou! Bingo!

Achei que os 15 minutos dados para a arrumação da festa não seriam suficientes, mas foram. Tive a ajuda de duas assistentes do salão, eficientíssimas, que fizeram tudo: desde colocar pipoca nos saquinhos, à arrumação da mesa e acender a vela no bolo, na hora do parabéns. Também limparam a bagunça e distribuíram as lembrancinhas, no final.

Sempre me consultando, perguntando se tudo estava do meu agrado. Geralmente, faço tudo sozinha e acabo não curtindo nada, não dando atenção aos convidados e morta de cansada. Desta vez, fiz tudo isto e ainda sobrou tempo. Gostei da ajuda, me senti um pouco princesa, também.

Selfie no banheiro, me sentindo princesa, também, por que não?
Selfie no banheiro, me sentindo princesa também, por que não?

Foram só duas horas de festa, mas pareceu que foi mais, um tempo muito bem aproveitado. As crianças foram entretidas pelas princesas por uma hora, incluindo o parabéns. Depois, comeram e se esbaldaram de brincar num castelo tipo casinha de boneca. Os meninos invadindo e as meninas os enxotando, aos berros!

No geral, a festa foi perfeita, mas dá para melhorar, como: o espaço designado para comida e bolo, a hora do parabéns e uma maior inclusão da família da aniversariante.

As duas mesas designadas para bebidas e comidinhas ficam num canto, do lado do palco e longe dos convidados, o que atrapalhou um pouco o fluxo, gerando muita sobra de comida. O bolo também foi colocado no mesmo lugar, sem nenhum destaque e num lugar de difícil acesso. A Alicia apagou a velinha de costas para a festa!

Também a hora do parabéns foi estranha: adultos para todo lado, crianças numa roda desordenada com as princesas e a Alicia no meio, longe do bolo. Pareceu improvisado, desconexo. Não curti.

fantasy_fables_alicia_escada
Linda, mas cadê as fotos com os pais…? :/

Por último, a total falta de inclusão dos pais no processo todo. Talvez seja cultural, porque eu percebi a mesma coisa em outras festas de crianças, onde a família é mera convidada. Não tiramos fotos juntos, não fomos chamados para nada. No momento, não me atentei ao fato, mas agora fico triste quando penso.

Tudo bem, da próxima vez (sim, vai ter próxima vez!) vou dar um jeito de “abrasileirar” a coisa! Mas, que os parabéns foi cantado nas duas línguas, isto foi. E que orgulho em vê-la cantando, em português!

 

 

Leave a Reply

Required fields are marked*