Outros Papos, Toronto, Viagens & saidinhas

Valentine’s Day também é coisa de criança, ao menos em Toronto

Esta semana vai ser só amor aqui em Toronto! Quarta-feira, dia 14, comemoramos o Valentine’s Day, que é o equivalente ao nosso Dia dos Namorados, no Brasil. Além do clima de romance que inspira, com troca de cartões e presentes, as duas datas também têm correlação com dias religiosos: no Brasil, ela acontece às vésperas do dia de Santo Antônio, 13 de junho, e por aqui, no dia de São Valentim. Ambos os santos com fama de casamenteiros.

Mas eu percebo uma grande diferença na maneira como as duas datas são comemoradas no Canadá e no Brasil: enquanto no nosso país ela é quase que exclusivamente voltada para os casais de namorados (a começar pelo nome, “Dia dos Namorados”), por aqui o dia é mais inclusivo, com trocas de cartões entre colegas de trabalho e até nas escolas, como na creche da minha filha, de quatro aninhos. Me parece que há mais inocência na data, sei lá…

Desde a semana passada, só o que se fala na escolinha dela é o tal do Valentine’s Day: as crianças ficaram encarregadas de pintar de vermelho uma caixa grande de papelão, que abrigará os presentes que irão trocar no dia. Cada pai recebeu uma listinha dos nomes das crianças, para as lembrancinhas e nomes nos cartões, assim como um lembrete para vestir o filho com alguma peça de roupa branca, vermelha ou rosa, porque vai ter comemoração especial!

Concentrada e paramentada para a decoração da caixa dos presentes para o Valentine’s Day!
Porque Valentine’s Day sem coração não é Valentine’s Day!

Da nossa parte, fomos aos nossos lugares favoritos (Dollarama e livraria Indigo!) para comprar as lembrancinhas, cartões e sacolinhas com decoração da época, que já estão dividindo prateleiras com mercadorias para St. Patrick’s Day, Páscoa e até Canada Day (comemorado em julho), olha a pressa do comércio!

Acessórios para o Canada Day (em julho) e St. Patrick’s Day (em março) disputam espaço nas prateleiras nos dollar store, em fevereiro…
Assim como coellhinhos da Páscoa e ursinhos para o Dia dos Namorados, convivendo lado a lado, pacificamente. O duro é decidir qual levar pra casa!

Hoje à noite, escreveremos os cartões e faremos as sacolinhas. Os professores também ganham cartões (ih, esqueci de comprar os presentinhos para as tias da Alicia!).

Até professor ganha presente no Dia dos Namorados daqui!

Para quem está de passagem por Toronto eu super recomendo ir até um dollar store ou numa das unidades da livraria Indigo e levar livros, bichinhos, cartões, tranqueirinhas de Valentine’s Day para a criançada. Tenho certeza de que elas vão adorar! Tem cartão do Frozen, de personagens de super-heróis, da Patrulha Canina. Dá para escrever o nome dos amiguinhos na hora de presenteá-los ou mesmo colecioná-los, brincar de jogo de memória…

Uma ajudinha para que o romance não acabe

Todos os anos, a creche da Alicia, que fecha às 6 da tarde, oferece um dia, geralmente a véspera do Valentine’s Day, onde os pais podem deixar as crianças até mais tarde, 8 da noite, e saírem para dar uma namorada. Acho bonitinho isso, porque muitos de nós não temos família por perto, e nem sempre é possível ou viável contratar uma babá.

Nos dois últimos anos, aceitamos (com grado) a oferta, mas este ano decidimos ficar em casa mesmo, porque estamos indo para Ottawa no final de semana (para curtir o Winterlude, lembra que eu comentei dele aqui? Aguardem post com todos os detalhes, depois) e na quinta eu e meu marido vamos conferir o Salão Internacional do Automóvel de Toronto, que abre para o público, nesta sexta-feira, 16 (e também vai ter post sobre isso). Já fica aí uma dica boa para quem estiver em Toronto e quiser mimar o amado com um baita presente. Outras dicas para curtir o Valentine’s Day na cidade:

Helitours – Esta dica eu também dei lá no blog Visite Toronto, e estou doida para fazer. Já pensou um voo panorâmico por Toronto? Ver a CN Tower lá de cima, o lago Ontário congelado, a Toronto Islands (Ilhas de Toronto), o mosaico das ruas bem planejadas, tudo salpicadinho de branco, por causa da neve? A empresa tem pacotes especiais para o Valentine’s Day, um pouco mais caros do que os voos regulares, a partir de C$ 109.

Distrito da Destilaria – Parece que eu ganho comissão para falar bem do Distrito Histórico da Destilaria, mas não, é porque eu gosto mesmo daquele lugar. O belíssimo complexo de 47 prédios em estilo vitoriano da então Gooderham & Worts Distillery, a maior destilaria da América do Norte, no século 19, tombada como patrimônio histórico da cidade, ficou jogado às traças por anos, depois de encerrar suas atividades em 1990. Mas nas mãos de investidores privados espertos, foi restaurado e trazido de volta à vida, em 2003, agora como complexo de entretenimento. Tem restaurantes, cafés, butiques, galerias de arte, e até, sim, destilaria.

Heart, a escultura gigante em forma de coração e a palavra Love, feito de cadeados. O Distrito da Destilaria é O LUGAR para romance, em Toronto!

Dá para passar um dia inteiro por lá, ainda mais agora com o Toronto Light Fest rolando, até 19 de março, transformando o complexo numa grande galeria ao ar livre, com instalações de arte, feitas de luz, espalhadas por toda a parte. É lindo de se ver, para todas as idades, e de graça. Só agasalhe-se beeeeeeeem porque é muito tempo para ficar do lado de fora e, talvez pela estrutura do lugar, parece que por lá faz mais frio ainda.

As duas esculturas mais famosas da Destilaria de roupa nova para o Toronto Light Fest

Salão do Automóvel para ele, Christian Dior para ela: o museu ROM (Royal Ontario Museum) está com uma exibição especial sobre a famosa maison e sua importância no reaquecimento da indústria da moda após a Segunda Guerra Mundial.

Chill Ice House – Um lugar imperdível para visitar, o maior bar permanente de gelo do Canadá, onde tudo é feito de gelo, das paredes aos móveis, aos copos. É aconselhável fazer reserva, e ele só abre depois das 5 da tarde. Não há restrição de idade para conhecer o lugar; jaquetas especiais são fornecidas para suportar o frio constante de cinco graus que faz por lá mas vale ir bem agasalhado, ainda mais em se tratando de crianças. E acredito que eles não têm chocolate quente no cardápio, haha. Ok, piadinha infame.

Outra coisa legal é conferir a loja francesa de macarons Ladurée, que abriu sua primeira loja em Toronto no final do ano passado, dentro do shopping Yorkdale. Além dos mais famosos macarons do mundo, eles também têm serviço de chá. Por ser relativamente nova (e linda!), há sempre fila na porta, portanto, reserva é imprescindível, ainda mais para esta data.

E se a grana tiver curta ou se bater preguiça de sair de casa (ou do hotel), não tem problema: declare-se com um bilhetinho, escrito em qualquer pedaço de papel, divida um chocolatinho, enfeite o ambiente com uns badulaques e faça a magia acontecer. O importante é celebrar o amor, seja de filho, de pai, de mãe, de amigos, até amor próprio, por que não? O importante é ser feliz!

Happy Valentine’s Day! 

 

Fotos: Alessandra Cayley

Leave a Reply

Required fields are marked*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.